Tempo em Guararema
26°
11°
tiempo.com  +info
GUIA

Canções Cartográficas

“Eu, aquele estranho”, por Lucas Luiz

strongI/strong

O topo do Vale é alto

amp; todo mundo fala alto

no topo do Vale

deve ser pela proximidade

com o céu:

— quem é que não quer

ser ouvido por Deus?

nbsp;

strongII/strong

strong                                                   p/ Gê/strong

O Itaoca vive

à espreita

entre o Itapema

amp; a Freguesia

Mas toda tarde

espia o Pau D’alho

com rabo dos olhos,

feito gato

querendo atenção

só aparece

quando tem vontade…

nbsp;

strongIII/strong

O bairro do Itapema

é calmo amp; tão simples:

parece escrito

por Manoel de Barros…

strong /strong

strongIV/strong

strong                                                   p/ Claúdio Gargano/strong

Ipiranga é o velhinho

que dorme sentado

na rodoviária

amp; só acorda para

discutir futebol

strong /strong

strongV/strong

strong                                                   p/ Ramon Capivara/strong

Pelo Nogueira

Santo Antônio

desce a ladeira

nos dias sem casamento

ou todos os dias de bebedeira

strong /strong

strongVI/strong

strong                                                   p/ Hélio Neto/strong

No bairro do Luís Carlos

a vida é encruzilhada

duma avenida só…

strong /strong

strongVII/strong

Pau D’alho

o ano inteiro

não emplaca

nbsp;

não demora

amp; acaba virando dj

nas noites

melhores

do alto tietê…

strong /strong

strongVIII/strong

A finitude

das mãos

é o enfeite

mais caro

da cidade natal…

strong /strong

strongIX/strong

Seu Doca

criou raiz

amp; ninguém mais

é capaz de lembrar

o que vinha antes:

nbsp;

quem nasceu

primeiro

o ovo

a galinha

ou o armazém

do Seu Doca?

nbsp;

por Lucas Luiz, jovem escritor guararemense (a href=http://luscaluiz.blogspot.com/luscaluiz.blogspot.com/a)

Comentários (0)
Comentar