Tempo em Guararema
18°
tiempo.com  +info
GUIA

O maravilhoso mundo…

das oportunidades de conhecimento!

Dizem que a melhor maneira de se viajar é ler um livro. Com certeza, lendo, atravessamos portais inusitados e nos encontramos com vários estilos de vida, cavalheiros, guerreiros, princesas, fadas, personagens com os quais já sonhamos ou com os quais sonhamos ser… Lugares que desejamos visitar e que, por muitas vezes, só são possíveis de conhecermos por causa dos livros… Alguns autores têm o dom de nos transportar para lugares inimagináveis, nos sentimos lá e chegamos a ter sensações nunca antes experimentadas… Os livros… Os livros e seus universos múltiplos… Reais ou de ficção. Conhecer espaços siderais, terras inexploradas, mundos

Mas outros objetivos também são atingidos usando os livros como ferramentas imprescindíveis, primordiais… Autoajuda, biografias, terror, amor, história, matemática, religiões, política, geografia, cinema, internet, poemas, poesias, contos… Tudo! Absolutamente tudo podemos encontrar dentro de um livro.

E por isso, temos motivos de sobra para comemorar o dia 29 de outubro que é o Dia Nacional do Livro. O dia foi escolhido por causa da transferência da primeira biblioteca do Brasil para um local adequado. Portugal disponibilizou um acervo bibliográfico muito rico, vindos da Real Biblioteca Portuguesa, com mais de sessenta mil itens entre, medalhas, moedas, livros, manuscritos, mapas e outros. O primeiro local eram salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, na cidade do Rio de Janeiro. No dia 29 de outubro de 1810, com a transferência do acervo, foi fundada a Biblioteca Nacional do Livro, pela Coroa Portuguesa.

“Para se publicar um livro, o autor / escritor deve procurar uma editora que se encarrega de revisar e sugerir melhoras, se necessário. Após a edição do texto, a editora cuida do preparo da capa, ilustrações, editoração (diagramação), registros que garantem os direitos autorais e outros serviços que são a critério do editor e autor”, diz Valéria Campanholle Parra que é jornalista e também idealizadora e fundadora da editora de livros, jornais e revistas, desde 2000.

“Depois de tudo pronto, encaminhamos para a gráfica realizar a impressão, de acordo com orçamento previamente aprovado. Se o autor escolher, podemos fazer a divulgação do material na mídia. E também existe a opção que hoje está bem acessível que é transformar o livro em arquivo digital, para ser disponibilizado pela internet como e.book”, conclui, lembrando que o primeiro livro publicado pela Editora foi emCrônicas do Itapema – O Plantador de Sonhos/em, de autor (Jorge Souza) e ilustrador (Daniel Montenegro) guararemenses também. Um produto 100%! Mas que pode atravessar o mundo e chegar às mãos de qualquer amante da leitura!

Postada em 28 de outubro de 2016

Comentários (0)
Comentar